crises que levam empresarios a vender empresas

As principais crises que motivam a venda da empresa – Palestra Pt.2

Toda empresa em algum momento da sua história sofre uma crise. Em alguns casos o fundador vem a falecer e os sucessores administraram por um determinado tempo e agora devido ao mercado aquecido na parte de fusões e aquisições, resolveram vender a empresa.

Sabem que não poderão colocar uma placa de “vende-se a empresa”, pois causarão insegurança nos funcionários, fornecedores, clientes, bancos e que não poderão contar com as opiniões de uma pessoa despreparada ou alguém que falou que sua empresa vale um determinado valor.

Veja com mais detalhes no vídeo abaixo:

Gostou do vídeo? Deixe seu comentário no fim da página.

Ficamos a disposição para ajudá-lo sobre compra e venda de empresas.

Slides da apresentação

Vídeos anteriores:
– Motivos que levam empresários a venda da empresa
As principais crises que motivam a venda da empresa
O que leva empresários a vender uma empresa?
Erros cometidos quando o proprietário põe a empresa a venda
A importância de uma consultoria para venda de empresas
Avaliação de empresas: Conheça os métodos e suas vantagens
Compra de Empresa
Dúvidas e Respostas sobre Venda de Empresa

 

Transcrição do vídeo:

Vou falar um pouco das crises empresariais que tem por ai e isso é bem atual, do mês de julho.

Das crises que as empresas tem, uma delas é a Crise Econômica. Ela atinge 20% das empresas do Brasil e dão prejuízo. A maioria tem 5% de lucro pra menos. Que é muito pouco esse lucro. Outra tem Crise Financeira.

Qual a diferença entre Crise Econômica e Crise Financeira ?

A Econômica é quando o lucro é pequeno. A Financeira é quando o fluxo de caixa esta invertido. Ele não consegue pagar os compromissos com fornecedores e tributos, então é uma crise financeira.

Consultoria para empresas em crise

Consultoria para empresas em crise

Crise de Passivo Fiscal

Tem também a Crise de Passivo Fiscal, as vezes ele esta devendo o Tributo.
Crise Patrimonial, então nem que ele venda tudo, ele não paga. Por isso uma Crise Patrimonial.

Crise Familiar ou Crise Societária

Crise Familiar ou Crise Societária, que são divergência entre sócios, que não é simples. Eu já presenciei. Eu presidi uma empresa em que o sócio vinha armado e botava o revolver em cima da mesa. Era uma empresa S/A, não era pequena. Era uma Sociedade Anônima.

Os sócios vinham para uma reunião ordinária e um deles botava uma pochete com o revolver. Imagina, era uma crise a empresa. É a Crise societária e não tem presidente que resista, é difícil isso. E não da para mandar ele embora, porque ele é sócio. Lá nós até achamos um jeito de tirar ele de la, mas foi de uma maneira jurídica e não foi fácil.

consultoria para empresas

Crises e consultoria para empresas

Crise de centralização e Crise de autoritarismo

Crise de centralização, sem o dono não anda. É um centralizador. Isso não é fácil de concertar.
Crise de autoritarismo. As crises que tem hoje no mercado são externos. O consumo retraído, juros altíssimos, créditos restritos e concorrência de importados.
Concorrer com asiáticos hoje é quase impossível, por isso que o mercado esta assim hoje em dia. E não tem uma decisão governamental ou algo para apoiar as empresas aqui no Brasil. Não tem, pelo menos eu não conheço.

Por isso o brasileiro acaba fazendo coisas que não deve, porque não da pra combater. E os chineses estão comprando cada vez mais empresas por aqui no Brasil. Era para estar aqui presente, o Presidente da Câmara Brasil e China, mas ele esta com uma comitiva de chineses aqui no Brasil e por isso não esta aqui, mas ele costuma me dizer assim “Ou o brasileiro faz um acordo com chinês ou ele quebra”, são palavras dele. Porque os produtos que vem de lá, são muito bons e muito baratos. A política governamental deles não é igual a nossa que é só cobrar imposto. Lá eles não tem imposto, encargo social, não tem nada disso. O governo deles quer é sustentar o povo deles e crescer o país. Ao contrário do nosso que só quer aumentar o imposto e assim não da, não tem condições.

Segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria), a confiança do empresário caiu ao nível mais baixo 70% das empresas estão morrendo antes de completar 5 anos. Isso é muito atual. Hoje saiu uma notícia parecida com essa daqui.

A confiança do empresário esta muito baixa. A muito tempo que não era dessa maneira. Algumas alternativas que nós temos para uma empresa nessas dificuldades é achar um Comprador Estratégico, um Investidor Financeiro, Abertura de Capital na Bolsa para empresas maiores, Vendas de Cotas para um outro sócio capitalizado, Encerrar a Empresa em Liquidação, Vender alguma unidade de negócio, Vender Equipamentos para fazer dinheiro. Uma das principais causas da morte da empresa é a falta do dinheiro.

Consultoria para empresas em crise

Consultoria para empresas em crise

Gostou? Deixe seu comentário sobre esse conteúdo! Participe!