comprar empresas

Compra de empresa – palestra pt.7

Basicamente são dois os compradores de empresas: financeiros e os estratégicos. Buscam por inteligência nos negócios, economia de tempo, economia de escala, maior portfólio de produtos e serviços, licenças, ponto, marca, entre outros.

Gostou do vídeo? Deixe seu comentário no fim da página.

Vídeos anteriores:
– Motivos que levam empresários a venda da empresa
As principais crises que motivam a venda da empresa
O que leva empresários a vender uma empresa?
Erros cometidos quando o proprietário põe a empresa a venda
A importância de uma consultoria para venda de empresas
Avaliação de empresas: Conheça os métodos e suas vantagens
Compra de Empresa
Dúvidas e Respostas sobre Venda de Empresa

A Think Consultoria auxilia empresários e investidores no processo de compra e venda de empresas. Acesse!

Transcrição do vídeo:

Basicamente temos dois tipos de compradores de empresas:

Compradores de empresa Estratégico

Os estratégicos geralmente é alguém da mesma profissão que nós, já entende do assunto e do negócio. E as vezes ele está em 5º lugar lá no market share, la na participação do mercado e comprando a empresa concorrente, ele vai para o 2º lugar. Imediatamente ele pega todos os cliente do outro, elabora um belo de um plano de negócios, elimina cliente pequeno que não da lucro e só pega o que é bom.

Um bom exemplo disso, foi a uns anos atrás o que a a Ford e a Wolkswagen fizeram. Criaram a Autolatina, acordo de gigantes.

Haviam duas empresas grandes de caminhão. A Wolkswagem Caminhões em São Bernardo e a Ford. Porque duas? Faz uma só. Então eles fizeram uma linha de produção e ninguém sabia o que era. La no final da produção saia um Ford e um Wolks, Quanto que essas pessoas ganharam de dinheiro com uma sinergia dessas?

Compradores de empresa Financeiro

E tem comprador que não é operacional, ele é altamente financeiro. Ele só tem o dinheiro.
Ele injeta o dinheiro dele e quer ver lucro. Ele não gosta daquilo. Ele vai fazer um redesenho e daqui a dois anos ele vai revender aquilo por um valor maior.

Um exemplo disso, é quem compra um carro amassado e batido. Ele compra um carro por um valor baixo, arruma sem pressa, manda trocar pneu, peças, pintura, botar um perfume e depois bota para vender por um preço bem alto. Nesse caso, ele não gosta da empresa ou do que ela faz, ele só quer ganhar dinheiro.

comprador de empresas

Como pensa o comprador de empresas?

O que atrai um comprador de empresas?

Ele não perde tempo. A empresa já existe. Ele simplifica o processo de arranque com licenças e documentos, já pega uma infra-estrutura, a lucratividade já existe, então ele já consegue analisar. Gera-se sinergia, economia de escala, maior portfólio de produtos e serviços, aproveito de know how existente, explora a marca, o goodwill, já existem clientes e fornecedores conhecidos e testados. Ele pode previamente examinar o desempenho da empresa. Os bancos gostam de empresas já estabelecidas.

O Governo, ele gasta muito dinheiro no SUS, com gente doente com problema. E o Governo para diminuir isso, da um incentivo para academias, empresas e produtos naturais. Porque ai se concentra na causa raiz, a pessoa não fica doente e não vai para o SUS.

A parte da Negociação

Nessa parte eu não sou advogado, mas um parceiro advogado que elaborou para nós, o que é mais discutido na transição de uma empresa para a outra.
Tem que ter um cronograma, onde geralmente o atual proprietário fica por ali até o outro sentir a firmeza para começar sozinho. O Fluxo de Caixa e os Estoques são geralmente fora da negociação. As vezes o estoque está grande, mas o contas a pagar também esta grande.

Leva o seu CNPJ junto, que eu ponho o meu? Demite todos os funcionários, que eu recontrato, para não ter passivo trabalhista. Garantia de evicção, evicção tem muita gente ai no mercado vendendo empresa que ele nem pagou ainda. Ele nem pagou e já quer vender. Então tem que ter uma cláusula em que ele se responsabiliza.

Emissão na pose, que é a saída de um e a entrada do comprador da empresa, geralmente no imóvel. Não vender para terceiros por um período de tempo que é um impedimento. Os dois querem proteção, um tem medo do outro. O que esta vendendo tem medo de vender e não receber e o que esta comprando tem o dinheiro, mas ele tem medo que surja passivos ocultos, que daqui um período ele aparece, porque agora não esta aparecendo.

Então ele deposita 30% e não passa para o proprietário atual e se não ocorrer nada no período de dois anos, se não surgir nenhum problema, ai ele libera.

É uma segurança para o comprador. O que vende a empresa também esta morrendo de medo. E quem compra tem medo de não perceber. Então ele quer no mínimo 50% de entrada, para ver se o comprador tem o capital e parcela o resto, mas ele quer garantias reais, como finança bancarias ou um imóvel em que ele poça acionar. É normal.

Se vender sem isso, digamos que em dez parcelas. Ai esse novo proprietário entra, afunda a empresa, usa tudo o que ele pode para retirar. E ninguém tira ele de lá, inclusive é difícil. Esta cheio de casos assim no mercado e a gente chama de Arára.

comprador de empresas

Como concluir a compra de uma empresa?

Fechamento do Negócio

Essa fase é longa, demora em média um mês, naquilo que o proprietário está pedindo e o outro já fez a Due Diligence.

O que é a Due Diligence?

O atual comprador entra na empresa e vai conferir se os dados fornecidos são verdadeiros. Ele olha o Fluxo de Caixa, os Balancetes, ele analisa os Riscos, geralmente é serviço de Advogado, Contador.

É feito uma vasculha e isso não é barato. Isso custa a partir de 50 mil a 250 mil reais dependendo do porte da empresa, nos valores propostos. E nessa due diligence, a função do comprador é verificar quais são os riscos. Porque as vezes nem o proprietário sabe, é oculto. As vezes ele tem até a receber.

Eu tive um caso em que um proprietário tinha 1 milhão e 200 para receber e não recebia. Levou uns três meses para recuperar esse dinheiro, mas veio.

Ai o fechamento, depois que fez a due diligence, assim ele já viu se vale aquele valor ou não, porque assim ele faz uma proposta e se certifica de que tudo está justo. Basicamente ele quer retorno. Se ele põem o dinheiro dele la, ele quer saber em quanto tempo ele tem o dinheiro de volta no bolso dele.

Qual a pergunta obrigatória tem que fazer?
Se ele põem 10 milhões, em quanto tempo retorna no bolso dele para depois ele ter lucro. Se não ele prefere colocar esse dinheiro em outro lugar.

Conclusão da compra

Isso saiu na mídia e todo mundo viu. A Petrobras foi vendida. E ninguém sabia que ia um baita de um prejuízo de alguns bilhões, ali diz um bilhão e tanto de dólares. Ninguém sabia. A presidente era a presidente do conselho da Petrobras, a Graça Foster também não sabia, os diretores, ninguém sabia. Poxa, se até nós aqui sabemos, nós estamos aqui para desenvolver esse comentário de como se faz para comprar uma empresa.

Eu conheço alguns aqui que estão comprando e vendendo empresas. E eles estão la fazendo perguntas, olhando papéis, pedindo ajuda do atual proprietário perguntando de como fazer para não ter erros e não ter prejuízos pequenos de 7 ou 8 milhões, mas é tudo o que a pessoa tem.

É a vida dele aqueles 8 milhões, o vendedor não quer errar. Ai chama um advogado, chama um contador, chama um economista, chama uma pessoa pra colaborar. Ai pede ajuda para nós também e nos perguntam se temos experiência nisso e ficam preocupados.

Cada um aqui tem que buscar um advogado, um contador, um economista, tem que entender o processo de entra e sai de quem quer comprar uma empresa. É uma combinação. Ninguém sozinho sabe de tudo. Tem que pedir ajuda pra um e para outro. Na Think nós fazemos um memorando de entendimentos, são cinco, seis paginas. Nós pedimos ajuda para um advogado.

O que é um memorando de entendimento?

É um compromisso de uma pessoa dizendo:

“Eu estou interessado em comprar essa empresa e você Think Consultoria, não esta autorizada agora por um prazo de um mês para negociar com ninguém, enquanto eu não desistir. E o proprietário, esta pedindo tantos milhões e o senhor não vai ter direito a aumentar nenhum tostão, porque eu estou analisando a sua empresa. Eu vou lhe fazer uma proposta daqui uns dias se eu achar que na due diligence, esta coerente.”

Então isso é feito por um advogado, assinado para dar inicio ao trabalho, para depois vir o contrato, que é mais completo ainda e também tem muitas pontas. E ai tem o serviço de um contador também para verificar nos cartórios, ver se tem alguma restrição, alguma coisa, algum passivo. Os economistas geralmente fazem um valuation. Então é uma combinação de várias pessoas para depois tomar uma decisão final.

Então foi uma visão geral que nós demos sobre Compra e Venda de Empresas.

como comprar uma empresa?

Vários fatores influenciam na compra de uma empresa

Gostou? Deixe seu comentário sobre esse conteúdo! Participe!